Sorteio Curso de Conversação no Facebook da Cultura Inglesa CE! »« Currículos em inglês - Saiba como elaborar
04|01|2012

Intercâmbio em 2012 – Comece o planejamento!

A procura por programas de intercâmbio tem crescido (e muito!) nos últimos anos. Um dos motivos é que a oferta de vagas para estudantes lá fora também aumentou. Para unir o útil ao agradável, é preciso de muito planejamento e preparo. Mas nada tema! A Cultura Inglesa te dá umas dicas de ouro pra você ter o melhor intercâmbio ever!

 

intercambio-2012-cultura-inglesa-fortaleza-01

Começando do começo

 

Antes de tudo, decida o lugar pra onde você quer ir, quanto tempo pretende passar fora e o que você vai fazer por lá (estudar, trabalhar ou os dois?). Ao sentar e começar a colocar tudo em ordem, você pode ver melhor suas opções e analisar qual é a mais indicada. Por exemplo, você pode descobrir que quer um curso profissionalizante, não um curso de idiomas, ou pode decidir passar um tempo mais longo porque deseja mochilar por aí. É bom decidir tudo antes de viajar.

 

intercambio-2012-cultura-inglesa-fortaleza-03

 

Pra onde ir?

 

Canadá, Estados Unidos, Inglaterra, Austrália e Irlanda são os países mais procurados pelos brasileiros. Mas tem gente querendo desbravar novos horizontes e apostando em lugares mais diferentes, como Malta (ex-colônia britânica, ótimo lugar para estudar inglês) e Cidade do Cabo (pra quem quer trabalhar e estudar, lá é uma boa opção).

 

Trabalho

 

Cada país possui suas regras em relação ao trabalho de pessoas em intercâmbio. Na Austrália, o curso precisa ter duração mínima de 14 horas semanais, que permite que você trabalhe 20 horas na semana. Na Irlanda e na Nova Zelândia, o curso deve ter, no mínimo, 25 horas por semana. Na Cidade do Cabo, estudantes de cursos intensivos de quatro semanas podem trabalhar 40h/semana.

 

Idioma ou profissão?

 

intercambio-2012-cultura-inglesa-fortaleza-04Se você não quer só aprender ou aperfeiçoar o idioma, uma opção são os cursos mais voltados para sua profissão. As universidades da Yvy League (instituições de maior respaldo nos Estados Unidos) oferecem cursos de verão entre julho e agosto para pessoas de todo o mundo. Em Harvard, por exemplo, você tem opções como cursos de marketing, finanças, economia, filosofia e teatro e ainda tem a possibilidade de se hospedar na própria universidade. Estes cursos custam de R$ 3 mil a R$ 4 mil, e as taxas de acomodação variam de acordo com a instituição (em Harvard, custa R$ 7mil, com alimentação inclusa).

 

Preços

 

É preciso planejar bem suas finanças antes de viajar, levando em conta o custo de vida do local escolhido. Sites como o Numbeo podem ajudar você a simular o custo de vida nas principais cidades do mundo e possibilitam um cálculo mais aproximado dos gastos que você pode vir a ter. Leve em consideração que não é só curso, hospedagem, alimentação e transporte: tem as passagens aéreas, seguro-saúde, passeios, compras, baladas e outras coisas.

 

european-union-money

 

Vai uma bolsa aí?

 

Se o preço da viagem ficou além dos seus limites, é totalmente válido ir atrás de uma bolsa de estudos. Nesse caso, o processo é longo e você tem que ficar de olho nas datas de seleção e das etapas – que costumam ser várias – como provas, entrevistas e análises de currículo. O Programa Ciência Sem Fronteira, do Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT), vai distribuir 75 mil bolsas para estudantes envolvidos em iniciação científica nas áreas de engenharia, ciências exatas e biomédicas, biologia e computação. Você pode se informar mais no site do projeto e fique de olho nas datas! A Comissão Fulbright distribui 40 bolsas por ano para alunos brasileiros de graduação, de pós e de doutorados para intercâmbios nos Estados Unidos. O Governo Britânico e o British Council oferecem bolsas para graduação e mestrado no Reino Unido.

 

E o visto?

 

intercambio-2012-cultura-inglesa-fortaleza-06Nem sempre o local que você escolhe tem condições bacanas para você tirar seu visto. O processo pode ser longo e complicado. Para os Estados Unidos e Austrália, por exemplo, só as filas para entrevistas podem levar dois meses, então dê entrada no visto com, pelo menos, seis meses de antecedência. O Canadá não exige visto de brasileiros para cursos de até seis meses de duração. Para entrar na Inglaterra, você deve passar por um sistema de pontos. Apresentar uma carta provando que a instituição aceitou sua inscrição ou mostrar que você tem uma oferta de emprego aumenta seus pontos, assim como provar que tem condições de se manter no país por um longo período.

 

Então, vamos nessa? Planeje-se com antecedência, faça uma poupança, mantenha-se saudável e arrume as malas! Conheça novos lugares, novas culturas, novas pessoas e novos pontos de vista! Intercâmbios são experiências incríveis, que vão ajudá-lo no seu amadurecimento e podem render um emprego muito bacana no futuro. Boa viagem e mande notícias!

 

Enquanto estiver lá, acompanhe as novidades daqui no nosso Twitter e Facebook :)

 

intercambio-2012-cultura-inglesa-fortaleza-07

 

Fonte: Revista Gloss – Out/2011 – Nº 49

Conheça as redes sociais da Cultura Inglesa Ceará: Facebook | Instagram | Youtube

Voltar à página inicial











* Campos obrigatórios