Pretende visitar Londres? Confira dicas para andar de Metrô! »« Conheça as novelas inglesas
29|07|2014

#BritishLiterature17 Cloud Atlas, de David Mitchell

A indicação da Cultura Inglesa CE de hoje é dos anos dois mil e está se encaminhando para a lista dos clássicos ingleses. Cloud Atlas é uma obra de ficção científica do escritor David Mitchell, que é tido como um dos mais talentosos escritores britânicos de sua geração. Já deu pra ver que essa leitura promete, não é? Vamos nessa!

foto: mizzworthy.com

O autor

David Mitchell nasceu em 1969 na cidade de Southport, em Merseyside, Inglaterra. Ele foi educado na Hanley Castle High School e na Universidade de Kent, onde obteve uma licenciatura em Inglês e em Literatura Americana, seguida de um mestrado em Literatura Comparada. Mitchell é autor de cinco livros e, atualmente, é tido como um dos mais talentosos escritores britânicos da sua geração.

A única obra sua que contou com tradução para o português foi o livro Black Swan Green –  Menino de Lugar Nenhum. Cloud Atlas não ganhou versão traduzida, mas invadiu as telas de cinema do Brasil na adaptação, que recebeu o nome de A viagem, com os mesmos diretores de The Matrix.

Cloud Atlas

A obra foi publicada em 2004 e já recebeu prêmios como Brittish Book Award por ficção literária e Richard & Judy, como livro do ano. Além disso, foi adaptada para cinema e produzida em 2012. No Brasil, foi exibida em janeiro de 2013.

O livro se baseia em seis histórias distintas, que ocorrem em épocas diferentes, e se entrelaçam nos detalhes que cada uma exibe ao leitor. Nele, os personagens se conhecem e voltam a se encontrar em outras vidas. As ações que cada um desempenha em uma história podem ser cruciais para definir a próxima. Por esse motivo, Cloud Atlas exige atenção e dedicação por parte do leitor.

As seis histórias formam uma linha narrativa que apresenta, ao longo de vários períodos, a essência da alma humana em uma jornada de aprendizado, descoberta e renovação. A cadeia de acontecimentos que uma simples ação pode desenfrear também é ponto central na obra. A escrita une todas as histórias de alguma forma e faz de Cloud Atlas uma leitura reflexiva e apaixonante.

Ficou com vontade? Então não se esqueça de vir aqui depois e contar pra gente o que você achou da dica. Até a próxima!

Fonte: BBC

Conheça as redes sociais da Cultura Inglesa Ceará: Facebook | Instagram | Youtube

Voltar à página inicial











* Campos obrigatórios